quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Wide Mouth Mason by Dugabowski


Segue uma pequena biografia da banda, escrita por Mark Allan para o site allmusic e vertida livremente do inglês.

O guitarrista Shaun Verreault, o baterista Safwan Javed e o baixista Conde (sic) Pereira freqüentaram a escola de ensino secundário Saskatoon, em Saskatchewan, província canadense de pradarias voltada para a agricultura. A banda tomou o nome de um frasco de conservas, embora o som da Wide Mouth Mason esteja enraizado no blues e não na música country. Influências incluem Muddy Waters, Buddy Guy e Jimi Hendrix. À parte a voz vigorosa do vocalista Verreault, a WMM conseguiu dar vida nova ao conceito de trio de blues rock, atingindo um som muito mais maduro do que a média de idade de 21 anos dos seus integrantes quando lançou seu disco homônimo, uma estréia impressionante numa grande gravadora, com material totalmente original. A banda foi cortejada por vários selos antes de assinar contrato com Warner Music canadense, para gravar entre dois a seis álbuns com distribuição mundial. A WMM tinha planejado regravar e relançar “Nazarene”, um álbum anterior independente. O trio se destaca em apresentações ao vivo, tendo aberto para a ZZ Top, George Thorogood e a respeitada banda canadense Big Sugar no início de sua carreira. A WMM apresentou-se bem no Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, em 1997, tocando uma jam com Me’shell e Joshua Redman, e impressionando tanto Van Morrison que o músico pediu para Verreault juntar-se a ele no palco.



Shaun Verreault: Guitar, Vocals
Earl Pereira: Bass, Vocals (bckgr)
Safwan Javed: Drums, Vocals (bckgr)



(1997) Wide Mouth Mason


1. My Old Self (3:47)
2. Midnight Rain ( 3:48)
3. Tom Robinson ( 3:00)
4. The River Song (3:23)
5. This Mourning (4:55)
6. The Preacherman’s Song (3:05)
7. The Game (3:57)
8. All It Amounts To (4:29)
9. Corn Rows (4:18)
10. Sister Sally (5:25)
11. Tell Me (3:34)
12. Mary, Mary (4:49)


[FU] [54MB @VBR]



(1999) Where I Started


1. Why (2:57)
2. Alone (3:01)
3. Burn (4:48)
4. Companion (Lay Me Down) (3:01)
5. Half A Chance ( 4:06)
6. Empty Seat (4:06)
7. Crystal Ball (4:03)
8. King Of Poison (3:20)
9. Sugarcane (4:25)
10. Where I Started (5:07)
11. Old (3:46)
12. Falling Down (4:45)


[FU] [53MB @VBR]



(2000) Stew


1. Who's There (2:30)
2. She’s Alone (4:42)
3. Once You Got It (3:28)
4. Smile (3:29)
5. Bushi Su (3:29)
6. Change (3:43)
7. Watchewan (3:30)
8. Mad Doctor (4:17)
9. Exquisite (It’s Late) (4:06)
10. Sleepwalker (3:55)
11. Breathe Out (3:39)
12. Ease Your Mind (4:41)
13. Fa Na Na (3:16)


[FU] [57MB @VBR]



(2002) Rained Out Parade


1. Bootleggin’ (3:36)
2. My New Self (3:17)
3. Lagavulin (4:16)
4. Rained Out Parade (3:21)
5. Reconsider (3:18)
6. Puppet In A Clown Show (3:14)
7. Come Out To Go (4:16)
8. O (2:57)
9. Dry You Up (3:12)
10. Alright, Alright (3:03)
11. Always, Never, Only (3:25)
12. My Imagination (3:25)
13. Scratch (3:17)
14. 40 Watt Moon (26:21)

(Segundo o site allmusic, todas as músicas são de autoria da banda, salvo “Always, Never, Only”, composta por Northey e Wide Mouth Mason)


[FU] [78MB @VBR]



(2005) Shot Down Satellites


1. Love Not Loving You (3:23)
2. Unfolding (3:07)
3. Everybody’s Right (3:30)
4. Really Wrong (3:41)
5. Phantom Limb (3:55)
6. Shot Down Satellites ( 3:27)
7. Worse Than Before (3:31)
8. Rust (4:04)
9. Moment That You Came (3:35)
10. Wide Eyed (3:27)
11. Eleven (3:08)
12. Please Go Home (3:11)
13. It’s So Bad (1:30)

(Segundo o site allmusic, todas as músicas são de autoria da banda)


[FU] [49MB @VBR]

Observações:
a) as informações sobre os discos foram obtidas, especialmente, no site allmusic;

b) o primeiro disco da banda, o independente “The Nazarene”, de 1996, que, conforme a Wikipedia, teve uma tiragem restrita de apenas 2.500 cópias, e que, provavelmente, foi lançado somente no Canadá, acabou relançado em 1997, com o título “Wide Mouth Mason”, com a supressão de uma música do primeiro disco, “Black Pepper Joe”, a reintitulação da música “The Preacher Man” para “The Preacherman’s Song” e o acréscimo de duas novas canções na regravação, “This Mourning” e “Corn Rows”;

c) os dois discos de coletâneas da banda, “Greatest Hits”, de 2002 – lançado somente na China – e “The Essentials” – lançado apenas no Canadá – foram postos de lado, porque são meras reproduções de músicas que já constam nos discos originais;

d) as músicas dos discos “Wide Mouth Mason”, “Where I Started” e “Stew”, embora não haja confirmação, provavelmente foram compostas pela banda, a exemplo dos seus dois outros álbuns;

e) de acordo com o site allmusic, no disco “Wide Mouth Mason”, houve a participação especial dos seguintes músicos: Colin James: Dobro; Mike Kalanj: Organ (Hammond) e Mike Weaver: Fender Rhodes;

e) maiores informações sobre a banda podem ser obtidas no seu site oficial: www. widemouthmason.com.

6 comentários:

Edson d'Aquino disse...

Excelente banda, Duga. Curto demais o 'Rained Out Parade' mas todos os discos descem redondinho. E os cabras tocam muito.
[]ões

dugabowski disse...

É isso aí, Edson. Também concordo. E o legal é que eles debutaram com apenas 21 anos, fazendo um som de "gente grande", como a própria biografia salienta. Um abraço.

ayresrio disse...

Ótimo achado Duga,eles me lembram
Waterboys,Collective Soul e Soul Asylum,esta ultima por sinal seria uma boa postagem rsrsrs.

ABRAÇOS AYRESRIO.

dugabowski disse...

Tens razão, ayrerio. Aliás, é impossível uma banda nova não ter sido influenciada pelas antigas; a questão toda reside no tipo de influência... Mas acho que as bandas que tu colocaste se encaixam bem no pacote de influências da WMM. Quanto ao Soul Asylum, vamos colocar na fila. Já tem um amigo aqui do blob que pediu antes a discografia da Buffalo Springfield, que deve sair em breve. Mas a tua dica está anotada, podes deixar. Um abraço.

José Carvalho disse...

Excelente banda de quem nunca tinha ouvido falar, obrigadão por toda amusica que pude descobrir graças ao vosso blog. E discografias completas nem em sonhos...Até breve

dugabowski disse...

Grande força, José Carvalho. São comentários como os teus que nos estimulam a continuar o trabalho. Nós que agradecemos. Um abraço.