sábado, 26 de dezembro de 2009

The Desert Sessions By Dugabowski


Desert Sessions (1998) Vols. 1-2


Reverend Bruno Ponce Jones: Vocals (Preaching) (tracks 1, 10)
Alfredo Hernandez: Drums (tracks 2, 4, 6, 7, 9), Percussion (track 9)
Dave Catching: Bass (tracks 2, 4), Electric Piano (Crumar) (track 3), Guitar (track 5), Percussion (track 9)
John Paul McBain: Guitar (tracks 2, 4), Guitar (Lead Lap) (track 3), Guitar (Lead) (track 8), Keyboards (track 9)
Fred Drake: Guitar (Wafts) (tracks 2, 4), Drums (tracks 3, 5), Keyboards (tracks 3, 5), Percussion (track 9)
Josh Homme: Keyboards (tracks 2, 4, 8), Guitar (Rhythm) (track 3), Guitar (track 5, 6, 7, 8, 9), Vocals (track 7), Bass (track 8)
Ben Shepherd: Bass (tracks 3, 5, 6, 7, 8), Guitar (track 9)
The Evil McBain: Keyboards (track 5), Guitar (Slide) (track 6), Guitar (track 7)
Brant Bjork: Drums (tracks 6, 7), Bass (track 9), Percussion (track 9)
B1-J1: Other (Simulated Regasm Mechanism) (track 6)
Peter Stahl: Vocals (tracks 8, 9)
Carlo Von Sexron: Percussion (track 9)


1. Preaching (0:45)
2. Girl Boy Tom (4:26)
3. Monkey In The Middle (2:47)
4. Girl Boy Tom (2:52)
5. Cowards Way Out (5:36)
6. Robotic Lunch (Alt. Version) (5:21)
7. Johnny The Boy (4:31)
8. Screamin’ Eagle (3:38)
9. Cake (Who Shit On The?) (9:05)
10. Man’s Ruin Preach (0:51)


[FU] [91MB @320kbps]



Desert Sessions (1998) Vols. 3-4


Ben Shepherd: Bass (tracks 1, 3)
Alfredo Hernandez: Drums (tracks 1, 3, 6, 8)
John Paul McBain: Guitar (tracks 1, 3)
Josh Homme: Guitar (tracks 1, 3, 6, 8), Vocals (tracks 3, 6), Backing Vocals (tracks 7, 8)
Peter Stahl: Vocals (tracks 1, 2), Guitar (track 4)
Fred Drake: Bass, Drums (tracks 2, 4)
Dave Catching: Guitar (track 2), Bass (track 4)
Musharitas: Vocals (track 4)
Craig Armstrong: Bass (tracks 5, 9)
Carlo Von Sexron: Drums (tracks 5, 9, 10)
Jesse “The Devil” Hughes: Guitar (tracks 5, 9, 10)
T. Fresh: Turntables (tracks 5, 9, 10)
Loo Balls: Vocals (tracks 5, 9)
Larry Lalli: Bass (tracks 6, 7, 8)
Boomer: Guitar (tracks 6, 7), Keyboards (track 6)
Chris Goss: Vocals (track 6)
Tony Tornay: Drums (track 7)
Nick Oliveri: Guitar (track 7), Vocals (track 7)
Mario Lalli: Vocals (track 8), Guitar (track 8)


1. Nova (3:24)
2. At The Helm Of Hells Ships (4:45)
3. Avon (3:24)
4. Sugar Rush (4:05)
5. The Gosso King Of Crater Lake (2:58)
6. Monster In The Parasol (3:42)
7. Jr. High Love (1:51)
8. Eccentric Man (4:09)
9. Hogleg (2:37)
10. You Keep On Talking (3:45)


[FU] [70MB @320kbps]



Desert Sessions (1999) Vols. 5-6


Josh Homme: Bass (tracks 1, 4, 6, 7, 11) Guitar (tracks 1, 6, 7, 10, 11), Keyboards (Yamaha) (track 2), Vocals (tracks 6, 7, 11), Drums (tracks 6, 7, 11)
Brant Bjork: Drums (track 1), Guitar (tracks 6, 7, 11)
Mario Lalli: Vocals (track 1)
Fred Drake: Drums (track 2), Percussion (track 8)
Dave Catching: Piano (track 2), Guitar (tracks 5, 9)
Blag Jesus: Vocals (tracks 2, 4)
Carlo Von Sexron: Bass (track 3), Percussion (track 8), Guitar (track 9)
Gene Troutman: Drums (tracks 3, 4, 10), Percussion (track 8)
Dave “The Catch”: Guitar (track 3)
Pierre Pressure: Vocals (track 3)
Adam Maples: Drums (tracks 4, 10)
Dave “The Catch” Catching: Guitar (track 4)
Schneebie: Drums (track 5), Noises (track 5)
Tony Mason: Guitar (track 5), Bass (track 5)
Teddy Quinn: Vocals (track 5)
Digital D: Guitar (track 8), Vocals (track 8)
Fugitive Pope: Guitar (track 8), Vocals (track 8), Electronics (track 8)
Chizm: Trombone (track 8), Vocals (track 8)
The Kid: Bass (track 9)
Barrett Martin: Drums (track 9)
Hosh Ross Sonjoni: Bass (track 10)


1. You Think I Ain’t Worth A Dollar, But I Feel Like A Millionaire (2:54)
2. Letters To Mommy (3:43)
3. I’m Dead (1:38)
4. Punk Rock Caveman Living In A Prehistoric Age (3:28)
5. Goin To A Hangin (5:33)
6. A#1 (3:38)
7. Like A Drug (2:24)
8. Take Me To Your Leader (4:40)
9. Teens Of Thailand (5:38)
10. Rickshaw (3:45)
11. Like A Drug (Instrumental) (2:26


[FU] [59MB @VBR]



Desert Sessions (2001) Vols. 7-8


Big Al: Tuvan Percussion
Fred Drake: Drums, Vocals, Vocals (bckgr), Marxophone, Harmony, Crumar
Nick Eldorado: Vocals
Chris Goss: Bass, Guitar, Vocals, Clapping
Josh Homme: Bass, Guitar, Piano, Drums, Gong, Vocals, Vocals (bckgr), Choir, Chorus, Clapping, Marxophone, Harmony
Alain Johannes: Fiddle, Guitar, Harmonium, Saxophone, Vocals, Vocals (bckgr), Choir, Chorus, Clavinet, Mixing, Udu
Mark Lanegan: Vocals
Samantha Maloney: Bass, Piano, Drums, Vocals, Slide Bass
Brendon McNichol: Bass, Mandolin, Percussion, Drums, Guitar (Electric)
Natasha Schneider: Vocals
Vienna Boys’ Choir: Performer
The Vocals: Performer


1. Don’t Drink Poison (5:02)
2. Hanging Tree (3:13)
3. Winners (1:06)
4. Polly Wants A Crack Rock (2:29)
5. Up In Hell (4:46)
6. Nenada (3:10)
7. The Idiots Guide (3:04)
8. Interpretive Reading (1:36)
9. Covousier (1:50)
10. Cold Sore Super Stars (3:24)
11. Making A Cross (5:31)
12. Ending (1:29)
13. Piano Bench Breaks (2:44)


[FU] [55MB @192kbps]



Desert Sessions (2003) Vols. 9-10


Jeff “The Tuff Gentleman”: Bass, Clarinet (Scary Bass Clarinet) (track 1)
Joeseph C: Drums (Salty Drums) (tracks 1, 5)
Alain Johannes: Flute (Frightening Flute), Keyboards (Pro One, Amateur Two), Mandolin (Mannish Mandolin), Vocals (Vox) (track 1), Guitar (track 9), Vocals (Vox) (track 9)
Polly: Piano, Saxophone (Creepy Tenor Sax) (track 1)
J Ho: Vocals (Vox), Guitar, Guitar (Mildly Spooky Slide) (track 1), Percussion (Snare Rattle) (track 6), Bass (track 12), Vocals (Vienna Girl Boys Choir Vocals) (track 12)
PJ: Backing Vocals (track 2, 7, 10), Vocals (track 5), Bass (track 5), Lead Vocals (track 7), Melodica (Not So Melodica) (track 9)
Hands O’Connor: Bass (Pocket Bass, Pere) (track 2), Bass (Full 3/4 Size Bass) (track 7)
Freezer: Drums (Drum Guy) (track 2)
Deaner: Guitar (That’s On The Left) (track 2), Piano (Forte And Piano) (track 8)
Al: Keyboards (Black&whites, Long&winding Rhodes, Noodles) (track 2), Guitar (Relatively Surfish Guitar), E-bow (Ebow Surprise) (track 5), Guitar (track 6), Guitar (Weird Guitar) (track 11)
Joshua: Vocals (Of All Sorts) (tracks 2, 3) Vocals (Figure It Out Vox, That Chorus Shit) (track 5), Guitar (Lap Dance Steal) (track 9)
Twiggy R: Bass (Fuckin Bass) (track 3), Guitar (Non Surf Guit) (track 5), Bass (track 9)
Joey C: Drums (Fuckin Drums) (track 3), Drums (track 9), Drums (Prince Drums And Non-prince Drums) (track 12)
Sir Josh Freese: Drums (Sir Drums A lot) (track 7)
Catching: Keyboards (Pro One Power Switch)
Freeze: Bass (track 8), Percussion (Boom Bap Baboom) (track 11)
Poshua H: Drums (track 8), Vocals (Vox) (track 8)
Alain: Guitar (12th Fret Harmonikids) (track 8)
Twiganomicon: Bass (track 10)
J Ho The Circus Monkey: Drums (track 10), Backing Vocals (track 10)
Big Al the Kid’s Pal: E-bow (track 10), Guitar (Tremelo, You Know) (track 10)
David Catching: Guitar (Guitar Du Verb) (track 10), Guitar (One Take Hot Licks Guitar) (track 12)
Dean: Guitar (Bizarre Guitar) (track 11)
Dean Ween: Guitar (Guit Du Chicken Pickin) (track 12)
Geof “The Tuff Gent”: Keyboards (Crumar) (track 12)
Deen “The Leen” Ween: Bass (track 13), Guitar (Guitar Bizarre) (track 13)
Josh “Where’s The Fucking’ ‘i’ F.: Drums (Loud&soft Drums) (track 14), Keyboards (Crumar) (track 14)
Troy “How Ya’ Doin” Van Leeuwen: Guitar (Lefty Twinkles Guitar) (track 14)
Josh “The Other White Meat” H.: Guitar (Sensible Guitar) (track 14), Keyboards (Crumar) (track 14), Vocals (track 14)
Pajamas Harvey Pandeiro: Tambourine (In Brazilian) (track 14)


1. Dead In Love (4.43)
2. I Wanna Make It Wit Chu (3:43)
3. Covered In Punks Blood (1:43)
4. There Will Never Be A Better Time (4:12)
5. Crawl Home (3:02)
6. I’m Here For Your Daughter (0:47)
7. Powdered Wig Machine (2:41)
8. In My Head... Or Something (4:41)
9. Holey Dime (3:35)
10. A Girl Like Me (3:11)
11. Creosote (2:35)
12. Subcutaneous Phat (3:50)
13. Bring It Back Gentle (5:48)
14. Shepherd’s Pie


[FU] [77MB @224kbps]

Greg Prato escreveu a biografia da banda (se é que se pode chamar assim o projeto de Homme) para o site “allmusic”, a seguir transcrita em tradução livre do inglês.

As sementes para o método de “formação rotativa” pelo qual a Queens Of The Stone Age se tornou famosa foram plantadas noutro projeto paralelo, o Desert Sessions. Remontando aos anos 80, o guitarrista Josh Homme e seus amigos se reuniam para as famosas “festas do gerador”, que se constituíam de música ao vivo tocada em uma parte isolada da Califórnia, mais precisamente Palm Desert, com a eletricidade para os amplificadores sendo fornecida por um gerador de energia. Entre a sua saída da pioneira banda de stoner rock Kyuss e a formação da Queens, Homme encontrou muito tempo livre e decidiu reiniciar esses encontros. A única diferença foi que agora Homme iria gravar as sessões – chamadas de “Desert Sessions” –, enquanto uma lista de nomes reconhecidos do hard rock seriam convidados a participar. Com um trabalho em ritmo alucinante, um total de seis volumes foram gravados durante o período de um ano (1998-1999), para o selo independente Man’s Ruin, e contou com a participação de artistas como Ben Shepherd (Soundgarden, Hater, Wellwater Conspiracy), John McBain (Monster Magnet, Wellwater Conspiracy), Fred Drake (Earthlings), Brant Bjork (Kyuss, Fu Manchu), Alfredo Hernandez (Kyuss), Dave Catching (Earthlings), Chris Goss (Masters of Reality), e Peter Stahl (Wool, Earthlings), entre outros. Além de serem lançadas em CD (cada lançamento juntava dois volumes), as sessões também saíram em vinil (discos duplos de 10”). Mas quando a Man’s Ruin abandonou o projeto e Homme fundou a Queen Of The Stone Age com o ex-companheiro da Kyuss (e colaborador do projeto “Desert Sessions”) Nick Oliveri, a série sofreu uma pausa. A ruptura, porém, durou pouco, tendo a gravadora Southern Lord assumido os volumes 7 e 8, que tiveram grandes nomes como Mark Lanegan (Screaming Trees), Samantha Maloney (Hole, Motley Crue) e Alain Johannes (Eleven, Chris Cornell) tocando com Homme. Com a Queens Of The Stone Age fazendo grande sucesso com o lançamento de 2002, “Songs For The Deaf”, a Desert Sessions ganhou um pouco de interesse dos recém-iniciados. Os volumes 9 e 10 foram lançados pelo selo de Mike Patton, Ipecac, em 2003, e a formação incluía Dean Ween (Ween), Josh Freese (The Vandals), PJ Harvey, Twiggy Ramirez (Marilyn Manson), Joey Castillo (Danzig, QOTSA), Natasha Shneider (Eleven), e Troy Van Leeuwen (A Perfect Circle, QOTSA), entre outros. Outra atração da série Desert Sessions para os fãs da Queens Of The Stone Age é que várias canções lançadas nos volumes correspondentes reapareceram depois em regravações da Queens, a saber: “Millionaire”, “Avon”, “Hanging Tree”, etc.

Observações finais:
a) as fichas dos discos foram extraídas dos sites “discogs” (www.discogs.com) – Volumes 1-2, 3-4, 5-6 e 9-10 – e “allmusic” (www.allmusic.com) – Volumes 7-8;

b) nos créditos, preservaram–se as brincadeiras e apelidos constantes nas fichas tiradas do site “discogs”, mesmo que à custa de alguma óbvia repetição de nomes, para manter o estilo manifestamente anárquico pretendido pelos músicos participantes e/ou pelo(s) mentor(es) do projeto;

c) perante algumas informações conflitantes entre os sites “discogs” e “allmusic”, com relação aos discos, optou-se pelos dados constantes do primeiro site, pelo seu conjunto informativo mais completo;

d) não foi possível obter informações confiáveis a respeito dos autores das músicas;

e) como subsídio, informa-se que na página http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Desert_Sessions consta a relação dos músicos que participaram das gravações, associados às suas atuais e ex-bandas, mas alguns dados estão incompletos.


EXTRAS:


The Desert Sessions (2003) Crawl Home [EP]*


PJ Harvey: Vocals, Bass
Joey Castillo: Drums
Johs Homme: Eletronic Drumbeat, Drums, Guitar
Alain Johannes: Vocals, Guitar
Troy Van Leeuwen: Bass

Obs: Não há informação precisa sobre os músicos que tocaram no disco. Mas, através da colaboração novamente do Louiz e outros comentários, dicas, resenhas, etc., montou-se essa formação. Se alguém dispuser de dados mais precisos, coloque, por favor, nos comentários.


1. Dead In Love (3:01)
2. It (Prince Cover) 4:12
3. The Whore Hustle And The Hustlers Whore


[FU] [14MB @192kbps]

Obs: Este disco foi acrescentado à coleção “Desert Sessions” a partir de uma pertinente observação do nosso amigo e freqüentador do blog, Louiz, feita nos comentários da postagem original.

32 comentários:

Edson d'Aquino disse...

Grande postagem, Duga.
Já tinha pego os vols. 3 e 4 com vc e agora vou botar na sacola os vols. 9-10. Valeu!
[]ões

dugabowski disse...

Obrigado, Edson, pela força. Bom proveito. A coleção é muito boa. Confesso que eu não a conhecia até furungar a vida dos ex-integrantes da Kyuss para a postagem que fiz a respeito lá no SdN. Podem falar o que quiserem do Josh Homme, mas o cara parece ter um bom cacife no meio musical, além do talento de saber se cercar de gente boa; enfim, uma "figuraça"; é o Lula do rock?

Edson d'Aquino disse...

Quanta falta de respeito com o Josh Homme, Duga! Desde quando o Lula cerca-se de gente boa? hehehe
[]ões

Leônidas disse...

Barbaro, fenomenal, muito bom mesmo...

dugabowski disse...

Leônidas, obrigado mesmo pela força. Um abraço.

dugabowski disse...

Edson, quando eu falo em se cercar de gente boa, não são os políticos, mas sim os técnicos, que, na verdade, são os que fazem o serviço público andar (dá uma olhada nos cargos de segundo escalão pra baixo pra ver que só tem técnico; olha o MF, o BC, a Petrobras; vê quem é que faz a engrenagem rodar...; claro, com os cecezinhos de praxe, mas esses não fedem nem cheiram). Daí o talento do sapo barbudo; não fosse assim, burro como uma porta, não desfrutaria dos índices de aprovação que têm hoje (eu fora, evidentemente; depois de votar por mais de 20 anos no PT, e ver hoje o partido de braços dados com o Sarney, o Collor, o Quércia, o Barbalho, enfim, todos os Irmãos Metralha, eu tenho é um sentimento só: se arrependimento matasse...). Um abraço de um ex-petista arrependido.

Louiz disse...

Doideeeeeeeeera Master Dugas!!!

Política e DS, hehehheheh! Os caras das jams são muito bons! Há um bom tempo caçei o lineup com oq e como cada um contribuiu nos discos. Valeu mesmo...

No ultimo volume foi lançado um single - crawl home - em q tem uma musica cover do Prince (if), cantada por Alain Johannes e ficou maravilhosa! Nao sei se sabia...

Enfim... Belissimo post! Os caras merecem devida e muita ATENÇÃO!

ABRAÇOS!

dugabowski disse...

Louiz, inicialmente obrigado pelo comentário. Depois, obrigado pela dica: já estou providenciando o download do Crawl Home e, em breve, vai estar aqui, para completar a coleção. Valeu mesmo. Um abraço.

Louiz disse...

Bom q a dica valeu! Pq o Alain Johannes manda demaaaaaaaais nos vocais, e poucos sabem disso também!

Há pouco tempo comentei isto com o Master Edsam Graveto. Vou dar uns exemplos de quais musicas ele canta PÁKARAI:

Making A Cross
Hanging Tree
I’m Here For Your Daughter (voz grave) - até confunde-se com Mark Lanegan!!! É ele kem faz muitas das vozes graves na DS!!
Dead In Love (MARAVILHOSA!!!!)
IF - vc vai correr atrás e com certeza VAI PIRAR!


Vou dar mais uma dica! Vc conhece o som da banda dele, ELEVEN???? Vá no post do Them Crooked do Master Edsam, pois deixei uma surpresa lá nos comentários!! Infelizmente a banda foi pro saco, pq a Natasha morreu! Era cérebro da banda com ele... E ambos participaram (QUE PRESENÇA MALUCA E ATUANTE!!!) do disco FODA (poucos acham) EUPHORIA MORNING do CHRIS CORNELL!!!

E valeu!!! Estamos aí. Teu blog é muito bom! Está de parabéns pelo conteúdo e bom gosto!

ABRAÇÃO!

dugabowski disse...

Pô, Louiz, valeu pelas dicas; vou conferi-las mesmo. Aliás, é isso que a gente espera das pessoas que acessam o blog: trocar idéias sobre música; os comentários não servem apenas para elogiar ou criticar, ou reclamar que os links já eram... prestam-se, no meu entender, principalmente para isso que tu fizeste: trocar figurinhas; dar e receber; emitir opiniões, mesmo que não sejam exatamente sobre o post; manifestar-se, enfim. E isso aí. Obrigado e um abraço.

Louiz disse...

Olhou o comentário q deixei la no Edsam? Fale depois oq achou.

ABRAÇO

dugabowski disse...

Louiz, olhei sim. Vi os vídeos; achei muito bons. Baixei o último álbum da Eleven, Howling Book, mas ainda não escutei. Assim que ouvir, dou o retorno. Um abraço.

dugabowski disse...

Louiz, conseguir baixar o Crawl Home, que colocam como single, quando, na verdade, contém 3 músicas: 1) Crawl Home; 2) It; 3) The Whore... Bem, no site Discogs consta o line-up das faixas 1 e 3, mas não o da faixa 2, o cover do Prince. Segundo apurei num review do disco na Amazon UK, o line-up de It seria este: Josh Homme: Eletronic Drumbeat, Vocals, Guitars; Troy Van Leeuwen: Bass, Guitars. Mas não há nada oficial. Tu terias alguma coisa a dizer sobre isso? Sabes quem tocou na música?

Louiz disse...

Hahaaaaa...

Cara, saber de fato, não sei. Considerando suas informações, para fechar este line-up falta o Alain Johannes nas guitarras e vocais. Tenho convicção disto por conhecer sua voz e timbre da guitarra. Os solos dele tem frases bonitas e exóticas, haja visto que ele é dotado de uma criatividade única. Considere o Josh apenas nas baquetas.

Fico satisfeito q tenha gostado! Mas pra vc pirar mesmo na Eleven, sugiro a audição dos albuns Eleven (acho os timbres e sons muito sofisticados p/ 1993) e Avantgardedog! Se gostar destes (TENHO CERTEZA, ou não), baixe o restante p/ conhecer...

Mas ainda aguardo teu retorno.

ABRAÇO.

dugabowski disse...

Valeu, Louiz. Considerando que tu é um expert em Alain Johannes, vou colocar o cara no line-up do EP. Quanto aos outros discos da Eleven, estou tendo dificuldade para baixá-los. Tens alguma dica a respeito? Algum blog? Arquivos torrent não achei. Um abraço.

Anônimo disse...

http://mercenarioneverdie.blogspot.com/2008/07/eleven-usa-avantgardedog-2000.html

http://sonzinhorapaz.blogspot.com/2009/06/eleven-eleven.html

http://overfunk.blogspot.com/search?q=eleven

Louiz disse...

É foda achar os álbuns da Eleven por incrível q pareça.

O único blog q conheço é o mundoeleven.blogspot.com .

Cara, estamos sendo espiados pela Matrix!!!!! Esse anônimo deu medo... auhauauhhauauuah

Não foi eu tá? Vou pesquisar a sugestão do espião... kkkkkkkk

ABRAÇO

dugabowski disse...

Louiz, fui conferir os links do Anônimo e tá tudo beleza. Então só posso agradecer a ele: obrigado, Anônimo. Continua dando as sempre bem-vidas dicas. Um abraço a ambos.

Fox disse...

Olá, galera.
Esse blog é um dos maiores que ja vi.
Passei um tempo atraz por aqui e me deparei com simplesmente tudo o que queria do Chuck Barry. Agora eu tou com vcs até...
Agora eu tô peregrinando em busca da discografia do Buffalo Springfield. Já vi uns discos em outros lugares mas sem qualidade.(Os de vcs são + o bicho). Eu aguardo.
Continuem com esse bom trabalho. Valeu!

Louiz disse...

E aí Dugas, blz???

CRAWL HOME na área!!!!!!!

Em primeiro lugar OBRIGADO por me considerar nos créditos! Fico feliz de ter colaborado contigo de alguma forma!

Como já foi dito anteriormente, o que vale são essas idéias trocadas despretensiosamente, pelo simples prazer de apreciar músicas que enriquecem nossas almas e ouvidos.

Pra fechar de vez vou dar mais sugestões!

Observe o nome de JOSH! Faltou apenas os créditos em vocais!

Acredito que os line ups sejam:

Crawl Home (Joey Castillo, Alain Johannes, Jeordie White, Josh Homme, PJ Harvey) (* - letras)

PJ Harvey - Bass, Vocals
Joey Castillo - Drums
Jeordie White - Guitar
Alain Johannes - Guitar, Backing Vocals
Josh Homme - Guitar, Vocals

It (Prince)

Alain Johannes - Guitar, Bass, Vocals
Josh Homme - Eletronic Drumbeat, Guitar

The Whores Hustle And The Hustlers Whore (PJ Harvey)

Joey Castillo - Drums
Josh Homme - Acoustic Guitars, Guitar, Vocals
Troy Van Leeuwen - Bass


Me baseei nas nossas informações e nos seguintes links:

http://www.youtube.com/watch?v=EtARUOnFk7E
http://www.discogs.com/Desert-Sessions-Crawl-Home/release/883379

Obs.: 1)Jeordie White (Twiggy Ramirez - pseudônimo) foi baixista do Marilyn Manson e toca no volume 9 e 10!
2)Achei a bateria muito pesada p/ ser o Josh tocando em 'The Whores Hustle And The Hustlers Whore'. Boto muita fé que seja o Joey Castillo. As pegadas de bateria de Josh são + leves, sem ataque! Se vc escutou o EODM vai entender o q estou falando! Ah! E as guitarras estão no estilo Josh.
3)Tb acredito que o baixo em 'It' seja o Alain, pq as linhas tem muita musicalidade e peso. Não desmerecendo o Troy, q toca muito guitarra. O baixo dele é mais marcadão! Qdo o Alain tocou no QOTSA, ele segurava mais a onda e melhor no baixo! O Troy ficava + na guitarreira, apesar de ambos alternarem os instrumentos nos shows, incluindo o Josh!

Deu um trabalho, acredito q fiquei quase duas horas pesquisando de novo, e escutando o som pra deduzir o line-up. Minha sugestão é essa! Acredito que valeu a pena o esforço e o tempo! Um presente p/ vcs e tb pra mim, hehehhehe!

Olha o cara aê! - http://www.youtube.com/watch?v=TJFsZephqQs


ABRAÇOS do Louiz!

dugabowski disse...

Fox, obrigado pelos comentários elogiosos. Pra nós é uma baita força. Vamos ver se conseguimos uma discografia boa do Buffalo (acho que não é muito grande - estou escrevendo sem checar - pois a banda teve curta duração). Um abraço.

dugabowski disse...

Louiz, em primeiro lugar, não precisa agradecer; as autorias têm que ser creditadas, sempre; é uma filosofia aqui do blog, conforme sempre me falou o Ser. Aliás, se o Ser, à vista do teu comentário, não modificar o line-up automaticamente, fica consignado que o teu line-up é o oficial. Valeu mais uma vez. E se tiveres mais dicas, sugestões, idéias, coloca aí. Serão sempre bem-vindas. Um abraço.

Marcelo disse...

O blog está de férias ?

Louiz disse...

E quanto à Eleven??? Surpreenderam as habilidades instrumentais e vocais, de Alain Johannes e Natasha Schneider???

dugabowski disse...

Marcelo, não entendi. Na medida do possível, o pessoal tem postado discografias; mas não é fácil postar discografias a todo momento; isso requer muita pesquisa e trabalho. E não te esquece que o pessoal ainda tem que abastecer o blog SdN. Mas valeu o comentário. Aliás, se quiseres colocar alguma sugestão de discografia, fique à vontade. Um abraço.

dugabowski disse...

Louiz, te confesso que ainda não tive tempo de escutar detidamente a Eleven. Além do mais, só dá pra fazer downloads pelo rapidshare de madrugada. Mas prometo que, assim que for possível, te dou um retorno a respeito da banda e, se for o caso, podemos postar alguma coisa lá no SdN. Um abraço.

dugabowski disse...

Louiz, estava até pensando em fazer uma postagem da discografia da Eleven (mesmo sem escutar direito, mas pelo pouco que eu escutei, se encaixava no perfil do blog), em atenção a ti, que é fanzaço da banda, e aqui a gente sempre procura atender os amigos. Mas eis que me deparo com um blogo dedicado exclusivamente à banda e aos seus integrantes e ex-integrantes: tem tudo lá: discografia completa, letras, fotos, o escambau. Aí achei que não faria muito sentido a postagem; seria uma cópia do material desse blog-tributo. Então te deixo o endereço do blog, pra ti conferir: http://mundoeleven.blogspot.com
Um abraço.

Marcelo disse...

Dugabowisky:
Perguntei somente pq a frequencia de postagens caiu um pouco no final de ano. É daqui que tiro grandes pedradas, por isso capice???
Abraço

dugabowski disse...

Io capice, Marcelo. Só que, como eu falei, não é fácil montar uma discografia, pelo menos pro meu grau de exigência; quando posto uma discografia, coloco, sempre que possível (às vezes não dá mesmo): músicas, compositores, duração das faixas, line-up e a biografia traduzida (respeito quem coloca em inglês, mas aqui se fala português, e ninguém tem obrigação de saber inglês; então quem sabe um pouquinho dá uma ajudinha, que sempre cai bem; é o que eu acho). Pô, isso dá um trabalhão danado, em termos de pesquisa. Além disso, depois ainda tem que linkar os discos. Sem falar que atendemos também o SdN, que tem no mínimo uma postagem diária. Pedimos então a tua compreensão. Assim que der, voltaremos a postar mais discografias. Já posso adiantar duas: Buffalo Springfield e Livin' Blues. Aguarde. Um abraço.

dugabowski disse...

Louiz, foi mal. Te dei a dica de um blog-tributo da Eleven sem me dar conta que tu, em comentário anterior, já tinha falado nele. É o que dá fazer um comentário apressado. Mas continua valendo o que eu disse ali; diante desse blog, que eu sei agora que tu conheces, perdeu o sentido de postar a discografia da Eleven, como, a princípio, eu tinha cogitado. Um abraço e desculpa pela desatenção.

Louiz disse...

AMIGO DUUUGAAAAAAAAS!!!!

ATÉ HJ NÃO TIVE SEU RETORNO DA ELEVEN!!!!

SEGUE AÍ UM PRESENTE DE AMIGO PRA AMIGO!!!

Jimi Hendrix - Valleys Of Neptune (2010) - http://www.megaupload.com/?d=ZQTVD8BC http://www.megaupload.com/?d=PWNIFWDC - Credits: Many Fantastic Colors Blog

ABRAÇOS PRA VC E TODA A GALERA!

dugabowski disse...

Louiz, desculpa pelo atraso na resposta. É o seguinte: eu gostei da banda, mas certamente não com a mesma intensidade com que tu a admiras. Bom, de qualquer forma, como te expliquei no comentário anterior, perde o sentido postar alguma coisa dela diante do blog-tributo da banda, que tu tão bem conheces. Quanto ao último Jimi Hendrix, outro colega já o postou lá no Seres da Noite. Mas mesmo assim obrigado pela oferta. Aliás, se todos os frequentadores do blog fossem participativos como tu, seria muito bom. A gente gosta de postar, mas gosta também de bater um papo e fazer amigos através dos comentários. Um abraço.